sexta-feira, 13 de julho de 2018

Muitos jovens vivem num contexto de «precariedade, pressão e medo

Muitos jovens vivem no trabalho 
um contexto de «precariedade, pressão e medo»



«Um estudo da Juventude Operária Católica (JOC), a nível nacional, mostra uma realidade marcada pela “precariedade, pressão e medo”, sobretudo na transição da escola para o mercado de trabalho.
Em entrevista à Agência ECCLESIA, a presidente deste movimento católico juvenil frisa que hoje, devido às dificuldades que encontram, as novas gerações “não se sentem parte da classe trabalhadora”.
Ao mesmo tempo não conseguem “dar voz” aos “casos de pressão que vivem nos seus locais de trabalho” nem “àquilo que os preocupa”, e por isso “cada vez mais estão a refugiar-se em si mesmos”, alerta Solange Pereira.»

Ler mais aqui 

Sem comentários:

Enviar um comentário